Clínica San Pietro
Facebook Instagram Whatsapp(47) 98404-7741
Facebook Clinica San Pietro
Instagram Clinica San Pietro
Youtube Canal San Pietro

47 3351-3636
Av. Primeiro de Maio, 62 – Centro - Brusque - SC Acessar mapa
Dr. Laércio Cadore - Diretor Técnico Médico - CRM-SC 4656 / RQE 1524 / RQE 4113

Revisão de Cicatrizes

Esse é o procedimento realizado para reparar cicatrizes que não ficaram adequadas após intervenções cirúrgicas ou outros casos. Podem ser empregadas diferentes técnicas como a ressecção simples e sutura, ressecção e avanço de retalho, ressecção com enxerto, ressecção e zeta-plastia, uso de expansores cutâneos. O pós-operatório terá suas particularidades, de acordo com a técnica indicada.

A anestesia é local com sedação ou geral, de acordo com o caso e o procedimento pode ser ambulatorial ou com internação. Nos casos mais simples o tempo do procedimento é de 1 hora. Nesses casos de cirurgia para correção de cicatrizes o paciente fica limitado à exposição solar por 30 dias.

Recomendações
Recomendações Pré-operatórias:
• Comunicar-se com seu cirurgião plástico até 2 dias antes da cirurgia, em caso de gripe, período menstrual, indisposição, etc.
• Não ingerir bebidas alcoólicas ou refeições pesadas, na véspera da cirurgia.
• Não ingerir AAS (acido acetil salicílico), melhoral, Buferim, nos 15 primeiros dias que antecedem a cirurgia.
• Tomar um banho de corpo inteiro na noite anterior ou no dia da cirurgia.
• Não usar cremes hidratantes ou maquiagem no local da cirurgia. Em caso de marcação prévia, cuidado para não apagar toda a marcação durante o banho.
Recomendações Pós-operatórias:
• Não se exponha ao sol ou friagem, por um período mínimo 30 dias.
• Repouso relativo. Evite apoiar sobre a área operada.
• Obedecer à prescrição médica.
• Voltar ao consultório para os curativos subsequentes, nos dias e horários estipulados.
• Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire com o seu cirurgião plástico, e somente com ele, quaisquer dúvidas que possam advir.
• Alimentação normal (salvo em casos especiais). Recomendamos alimentação hiperproteica (carnes, ovos, leite) assim como o uso de frutas.

Perguntas e Respostas:
Por que alguns pacientes ficam com cicatrizes muito visíveis?
Certos pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertrófica ou ao quelóide. Essa tendência, entretanto, poderá ser prevista, até certo ponto, durante a consulta inicial, quando lhe fazemos uma série de perguntas sobre sua vida clínica pregressa, bem como a análise das características familiares, que muito nos ajudam quanto ao prognóstico das cicatrizes. Geralmente, pessoas de pele clara não tendem a esta complicação cicatricial; pessoas de pele morena têm maior predisposição ao quelóide ou à cicatriz hipertrófica. Isto, entretanto, não é uma regra absoluta. A análise dos antecedentes, como já o dissemos, nos facilitará o prognóstico cicatricial.
O que é Queloide?
Queloide é uma cicatriz que cresceu muito além do que deveria, deixando no local uma formação dura, elevada, de cicatriz que normalmente ultrapassa os limites da lesão da pele que o originou, podendo atingir um dedo de grossura ou mais.
As áreas do corpo mais sucetíveis a queloides e cicatrizes inestéticas são: lóbulos de orelhas, ombros (região deltoidea) e região pré-esternal (área central do tórax anterior).
Quais são os períodos de evolução de uma cicatriz?
Período Imediato: Vai até o 30º dia e apresenta-se com aspecto pouco visível. Alguns casos apresentam uma discreta reação aos pontos ou ao curativo.
Período Mediato: Vai do 30º dia até o 12º mês. Neste período há o espessamento natural da cicatriz, bem como inicia-se uma mudança de cor, da mesma, passando para mais escuro (do vermelho para o marrom) que vai, aos poucos, clareando. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa as pacientes. Como não podemos apressar o processo natural da cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois, o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.
Período Tardio: Vai do 12º ao 18º mês. Neste período, a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente, atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cirurgia, no tocante à cicatriz, deverá ser feita após este período.
O que pode e o que não pode ser feito com cicatrizes?
Várias técnicas podem minimizar uma cicatriz. A maioria delas pode ser feita na clínica de cirurgia plástica. Somente cicatrizes severas como queimaduras – em uma grande parte do corpo – pode requerer anestesia geral ou internação hospitalar.
A revisão cirúrgica da cicatriz pode melhorar a maneira de como a cicatriz se apresenta, através da mudança de tamanho, profundidade ou cor. Entretanto, nenhuma cicatriz pode ser completamente apagada e nenhuma técnica mágica devolverá à pele, a sua aparência normal antes do ferimento e da cicatriz. A revisão cirúrgica da cicatriz permite que a marca seja menos evidente. Porque cada cicatriz é diferente e cada uma delas exigirá um método diferente.
O passo mais importante no tratamento das cicatrizes é a consulta cuidadosa entre o paciente e o cirurgião plástico para ver o que da cicatriz mais incomoda o paciente e, decidir qual o melhor tratamento.
Ícone Relógio
Horário Funcionamento
Segunda a Sexta-feira 08h às 18h
47 3351.3636
Av Primeiro de Maio, 62 – Centro - Brusque - SC
Dr. Laércio Cadore - Diretor Técnico Médico
CRM-SC 4656 / RQE 1524 / RQE 4113
Facebook Instagram Youtube