Clínica San Pietro
Facebook Instagram Whatsapp(47) 98404-7741
Facebook Clinica San Pietro
Instagram Clinica San Pietro
Youtube Canal San Pietro

47 3351-3636
Av. Primeiro de Maio, 62 – Centro - Brusque - SC Acessar mapa
Dr. Laércio Cadore - Diretor Técnico Médico - CRM-SC 4656 / RQE 1524 / RQE 4113

Cirurgia em ex-obeso

Após a cirurgia de redução de peso, ou qualquer perda substancial de peso, a pele e os tecidos, muitas vezes, não têm elasticidade e podem não estar em conformidade com o tamanho reduzido do corpo. Como resultado, a pele, que foi severamente estendida, agora não tem sustentação:
• Os braços ficam flácidos;
• As mamas podem achatar e ficar com mamilos apontados para baixo;
• O abdômen pode se estender nas laterais e na zona inferior das costas, o que resulta em uma saliência semelhante a um avental;
• As nádegas, a virilha e as coxas podem apresentar flacidez, ocasionando bolsas suspensas de pele.
A intervenção cirúrgica de contorno corporal, após grande perda de peso, melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e flacidez da pele. O resultado é uma aparência mais normal do corpo, com contornos suaves. Esta é, em essência, a fase final do processo de perda de peso.

Recomendações:
Recomendações Pré-operatórias:
Comunicar-se com seu cirurgião plástico até dois dias antes da cirurgia, em caso de gripe, período menstrual, indisposição, etc.
Internar-se no hospital indicado na guia, obedecendo ao horário de internação.
Não ingerir bebidas alcoólicas ou refeições pesadas, na véspera da cirurgia.
Não ingerir AAS (acido acetil salicílico), melhoral, Buferim, nos 15 primeiros dias que antecedem a cirurgia.
Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também os diuréticos.
Programar suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 4 a 5 dias.
Recomendações Pós-operatórias:
Evitar esforços por 30 dias.
Levantar-se tantas vezes quanto lhe for recomendado por ocasião da alta hospitalar, obedecendo aos períodos de permanência sentados (a), assim como evitar ao máximo se esforçar desnecessariamente.
Não se exponha ao sol ou friagem, por um período mínimo de uma semana.
Obedecer à prescrição médica.
Voltar ao consultório para os curativos subsequentes, nos dias e horários estipulados.
Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de se esquecer de que foi operada recentemente. Cuidado, a euforia poderá levá-lo a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos. Vale ressaltar que entre o 3o. e o 5o dia pós-operatório, poderá haver uma discreta depressão emocional ou mesmo física. Isto é previsto e explicável pela recuperação do seu organismo, em prol da sua fisiologia corporal.
Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire com o seu cirurgião plástico, e somente com ele, quaisquer dúvidas que possam advir.
Aguarde para fazer sua dieta ou regime de emagrecimento, após a liberação médica. A antecipação desta conduta por conta própria, poderá determinar consequências difíceis a serem sanadas.
Agendar sessões complementares de drenagem linfática.

Perguntas Frequentes:
Qual o melhor momento para fazer essa cirurgia?
O melhor momento para se submeter a este tipo de cirurgia plástica é quando o paciente estabiliza seu peso, com a alimentação considerada normal para ele depois da cirurgia bariátrica. Ou seja, quando o paciente para de emagrecer é o momento certo para fazer a cirurgia plástica da obesidade. O IMC dentre outros indicadores, ajuda a determinar o peso ideal não só para realizar a cirurgia plástica com sucesso, mas também para proporcionar qualidade de vida a este paciente. Para definir o melhor momento é fundamental também uma avaliação clínica e psicológica detalhadas. Tais pacientes estão mais sujeitos à alterações como anemia e distúrbios metabólicos do que a população em geral. Além disso, quadros como depressão, alcoolismo e uso de drogas também podem estar presentes.
Quais as cirurgias mais procuradas?
Em geral, estes pacientes vão ser submetidos a mais de um procedimento. As cirurgias mais procuradas são a abdominoplastia (para corrigir o abdômen em avental), a mamoplastia, a braquioplastia (para retirada dos excessos dos braços), a cirurgia de coxas, a lipoaspiração e o lifting facial, que serão feitas de maneira isolada ou em combinações, dependendo de cada caso, e, visando, principalmente a segurança da intervenção. Retoques posteriores, muitas vezes, são necessários.
Quais as queixas mais frequentes?
A primeira e mais recorrente queixa dos pacientes que se submeteram à cirurgia bariátrica é a da formação de um avental de pele sobre o abdômen, provocado pela flacidez do tecido cutâneo. Depois, aparecem outras necessidades, como cirurgias plásticas de mama, coxa, braço e tórax que, de certa forma, complementam a cirurgia de abdômen. Geralmente, este avental, formado pelo excesso de pele, vai até a região pubiana e em casos mais acentuados pode chegar até meio da coxa. Este excesso de pele provoca um desequilíbrio no corpo, que é compensado pelo desenvolvimento da musculatura e pelo reposicionamento da coluna.
Ícone Relógio
Horário Funcionamento
Segunda a Sexta-feira 08h às 18h
47 3351.3636
Av Primeiro de Maio, 62 – Centro - Brusque - SC
Dr. Laércio Cadore - Diretor Técnico Médico
CRM-SC 4656 / RQE 1524 / RQE 4113
Facebook Instagram Youtube